Shigeru Miyamoto critica as microtransações

Por

04 de set de 2018 ás 03h00

A lenda da Nintendo, Shigeru Miyamoto, quer que membros importantes da indústria de videogames saibam que eles não precisam ser gananciosos para ter sucesso.

“Temos sorte de ter um mercado tão gigantesco, então nosso raciocínio é que, se conseguirmos entregar jogos a preços razoáveis ​​para o maior número possível de pessoas, teremos grandes lucros”, disse Miyamoto na Computer Entertainment Developers Conference, no Japão.

Embora não pareça que Miyamoto estivesse falando de qualquer jogo específico ou desenvolvedor com suas declarações, ele estava claramente abordando o crescente mercado de microtransações que permite aos desenvolvedores continuarem cobrando das pessoas pelos jogos que compraram (ou baixaram de graça). Enquanto alguns modelos de microtransações provaram ser bem sucedidos, outros foram gananciosos ao ponto de afastar a base de fãs do jogo.

Miyamoto está claramente preocupado com os efeitos a longo prazo de tais práticas, mas ele também admite que a Nintendo tem lutado às vezes para se adaptar ao moderno mercado de microtransações (especialmente no que se refere aos jogos para celular).

“Não posso dizer que nosso modelo de custo fixo tenha realmente sido um sucesso”, disse Miyamoto. “Mas vamos continuar avançando até que se torne arraigada. Dessa forma, todos podem desenvolver jogos em um ambiente confortável. Concentrando-nos em trazer jogos para o maior número possível de pessoas, podemos continuar impulsionando nosso negócio de jogos para celular”.

Em vez de dinheiro e redução de clientes para maximizar os lucros, Miyamoto acredita que a chave para um futuro saudável mercado de videogames pode estar em serviços baseados em assinatura, bem como garantir que os clientes confiem na qualidade do software de um estúdio ou desenvolvedor.

Ao procurar um parceiro para [serviços baseados em assinatura], é importante encontrar alguém que entenda o valor do seu software”, disse Miyamoto. “Então, os clientes sentirão o valor de seus aplicativos e software e desenvolverão o hábito de pagar por eles, sabendo que receberão um produto de qualidade.

Sábias palavras, mestre.

Activision, EA, Mario, microtransações, Nintendo, Shigeru Miyamoto, Square, Ubisoft,